amianto

  • JUSTIÇA FEDERAL MANDA DERRUBAR CASAS CONSTRUÍDAS COM AMIANTO

    Chega ao fim uma ação judicial que produziu repercussão em todo mundo: os efeitos devastadores da exploração do amianto sobre o meio ambiente da região de Bom Jesus da Serra, Sudoeste da Bahia.

  • Morador de Campinas vive calvário para descartar telhas de amianto

  • MPT ENFATIZA A IMPORTÂNCIA DE VETO PROIBINDO AMIANTO NA BAHIA

    Lei permitia o uso da fibra cancerígena até 2026 para produção de cloro-soda. Governador vetou o respectivo dispositivo, conforme solicitado pelo MPT em nota técnica.

  • Mulher vence ação contra Johnson & Johnson e ganha US$ 29 mi

    Um júri da Califórnia concedeu, na quarta-feira, pagamento de indenização de 29 milhões de dólares a uma mulher que disse que amianto presente no talco da Johnson & Johnson lhe causou câncer.

  • PESQUISADORES DE MG DESENVOLVEM TELHAS À BASE DE EUCALIPTO PARA SUBSTITUIR PRODUTOS COM AMIANTO

    Novo produto está sendo desenvolvido e testado na Universidade Federal de Lavras, UFLA; amianto está proibido no país desde o ano passado.

    Pesquisadores da Universidade Federal de Lavras (UFLA) pretendem substituir as telhas de amianto, proibidas desde o ano passado, por outras feitas com fibra de eucalipto. Atualmente, as lojas que vendem esse tipo de material optam por telhas de fibra sintética.

    A venda de amianto está proibida desde o ano passado no país pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O material é usado na fabricação de telhas e caixas d´água. O STF entendeu que o material traz riscos à saúde e pode até causar câncer. Por isso, o eucalipto poderia ser uma alternativa.



  • PIONEIRA NA LUTA CONTRA O AMIANTO, FERNANDA GIANNASI FAZ APELO AO STF

    RIO — Minutos antes da cerimônia de entrega dos troféus, no Copacabana Palace, na noite desta quarta-feira, Fernanda Giannasi, premiada na categoria Economia, afirmou que o Faz Diferença representa o reconhecimento de sua longa luta contra a indústria do amianto.

  • PRÊMIO FAZ DIFERENÇA: PIONEIRA NA LUTA CONTRA O AMIANTO, FERNANDA GIANNASI FAZ APELO AO STF

    Ativista é vencedora na categoria Economia.

  • RASTROS DE AMIANTO

    Perigo não se restringe às fábricas ou à mina

    O Brasil tem enorme dívida com a sociedade que, por mais de um século, ficou exposta ao amianto. Nesse contexto, devemos considerar expostos, incontestavelmente, os trabalhadores da indústria do amianto; porém, cada um de nós, todo dia, sem se dar conta, tem contato com essa fibra, que, há vários anos, foi banida de inúmeros países por seus claros malefícios à saúde.

  • Rosa Weber promete decidir com rapidez sobre amianto

    Rosa Weber promete decidir com rapidez sobre amianto - Jornal O Popular

    A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, deve analisar nos próximos dias o pedido de efeito suspensivo visando à continuidade da produção na Mina Cana Brava, da Sama Minerações, em Minaçu, até o julgamento dos embargos de declaração apresentados por entidades representativas do setor.

  • Sama prorroga licença não remunerada por mais 15 dias em Minaçu

    Os 285 trabalhadores da mina de amianto Cana Brava, da Sama Minerações, em Minaçu, no Norte do Estado, continuarão em licença não remunerada por um período de mais 15 dias.

  • STJ JULGA OBRIGAÇÕES DE EMPRESAS QUE LIDAM COM AMIANTO

    Empresas que extraem e industrializam amianto podem ter novos deveres em relação aos seus empregados e ex-empregados. A 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) começou a julgar, nesta quarta-feira (14/06), mandado de segurança das companhias que buscam diminuir as obrigações relativas à saúde dos trabalhadores expostos à substância.